Agendamentos suspensos desde 17 de setembro

A equipe Experiência de Escuta vem, por meio deste comunicado, reafirmar o compromisso assumido desde o início da pandemia e das medidas de isolamento social em nosso país de prestar acolhimento à população neste contexto de emergência sanitária durante a pandemia. 


Diante do avanço da vacinação no Brasil, considerando a desaceleração da epidemia em território nacional e ainda, os planos de retomada das atividades em vários estados do país, anunciamos a suspensão de nossas atividades para o público geral a partir do dia 17 de setembro.


Desde que a pandemia começou, nosso compromisso foi oferecer um serviço emergencial de acolhimento e escuta para a população, enquanto durassem as medidas de isolamento social nos principais centros urbanos do país.


Permaneceremos atentos às mudanças de cenário e não descartamos um retorno de nossas atividades caso os números da pandemia da Covid-19 voltem a crescer em nosso país, e novas medidas de isolamento sejam necessárias.


Agradecemos a todos os participantes que nos procuraram ao longo desses 18 meses, assim como todas as pessoas e instituições que nos apoiaram e, também, a todos os meios de comunicação, artistas e influenciadores que divulgaram o nosso serviço.


Equipe Experiência de Escuta.

A nossa equipe te dá as boas vindas

Somos um grupo de profissionais voluntários, independentes de qualquer filiação institucional ou partidária, que se reuniu no início da quarentena para oferecer escuta e acolhimento para a população brasileira.

A Experiência de Escuta NÃO É PSICOLOGIA ONLINE. A oferta prevê uma escuta de 30 minutos com um profissional qualificado em psicologia e/ou psicanálise. O usuário não deve repetir agendamentos com o mesmo profissional. 

HISTÓRICO:

A Experiência de Escuta foi disponibilizada pela primeira vez em 20 de março de 2020. A proposta sempre foi oferecer um serviço temporário de acolhimento voluntário para a população, acompanhando os movimentos de restrição ou flexibilização da quarentena.

Durante os primeiros cinco meses de quarentena foram feitas 4.460 acolhimentos, com 3.185 usuários. Com a reabertura da economia e o afrouxamento das medidas de restrição social, direcionamos nossa disponibilidade para populações circunscritas em situações de grande estresse, como profissionais da educação e saúde.

Entendemos que a volta das medidas de restrição social representa não apenas o agravamento da crise sanitária, mas também o risco de agravamento da saúde mental de muitas pessoas. Por isso, optamos pela volta da disponibilização da Experiência de Escuta para toda a população a partir do dia 05 de dezembro de 2020.

 

Seguiremos observando o desenvolvimento da pandemia e da necessidade de medidas de isolamento social, assim como as demandas que chegam a nós, para circunscrevermos o limite temporal de nossa atuação: o serviço estará disponível temporariamente, porém sem data previa para encerramento. 

 

Qualquer mudança no sentido da restrição da disponibilidade da Experiência de Escuta será anunciada com, pelo menos, duas semanas de antecedência.

05 de dezembro de 2020